segunda-feira, 26 de Maio de 2008

Psicologia


A humanidade desde sempre colocou inúmeras questões acerca do mundo que a rodeia, procurando respostas que diminuíssem a angústia e a inquietação. A Natureza, bem como a reflexão sobre si mesmo e a vida humana, nomeadamente as suas emoções, inquietações e sentimentos foram objecto destas mesmas questões.
É deste modo que nasce o conceito de alma, onde reside a raiz etimológica da psicologia (do grego, psychologhía, termo derivado das palavras psyché, "alma", e lóghos, "palavra", "razão" ou "estudo"). Assim, a Psicologia entende-se como a ciência que estuda os processos mentais (sentimentos, pensamentos, razão) e o comportamento humano e animal. Outro objecto de estudo da psicologia é as personalidades inadaptáveis com comportamentos desviantes, chamados de psicopatologia. Entre outras actuações desta ciência, destaca-se a explicação dos mecanismos envolvidos em determinados comportamentos, assim como prevenir e modifica – los. [1]“Tem-se afirmado que a Psicologia é uma ciência com um longo passado, mas com uma curta história.” Tal frase lança o facto de os povos de todos os tempos e de todas as culturas se terem ocupado dos problemas da alma e da vida humanas.
-3-A psicologia é uma ciência considerada como da área biomédica, assim ela é estudada tanto em métodos quantitativos como em métodos qualitativos. Estes métodos aplicam-se ao estudo dos processos psíquicos, geradores de comportamentos e vice-versa. Os estudos clássicos em psicologia baseavam-se justamente nos comportamentos, que eram directamente observados, que faziam com que o psicólogo inferisse um processo psíquico; porém, com os avanços das neurociências, na actualidade, também é possível, mesmo que rudimentarmente, estudar os processos psíquicos na sua origem. A introspecção é outro método para chegar aos processos conscientes. Existem vários outros métodos desenvolvidos, cada um para estudo de um ou mais processos mentais. Cabe à psicologia estudar questões ligadas [2]“ao desenvolvimento, as bases fisiológicas do comportamento, a aprendizagem, a percepção, a consciência, a memória, o pensamento, a linguagem, a motivação, a emoção, a inteligência, a personalidade, o ajustamento, o comportamento anormal e o seu tratamento, as influências sociais e o comportamento social. É também aplicada na indústria, educação, engenharia entre muitas outras áreas”
O psicólogo age em diversas áreas, aprendendo a pesquisar novos caminhos a partir de dados já existentes; a formar opiniões convergentes ou divergentes, podendo ser na forma de crítica ou avanço em uma determinada pesquisa; a montar estudos com bases em experiências, em observações, em estudos de casos, em análises neurológicas e farmacológicas, estudando também vários conteúdos em grupos multidisciplinares.
Existiram cinco movimentos da Psicologia no passado, o estruturalismo, o funcionalismo, o behaviorismo, a Psicologia de Gestalt e a teoria Psicanalista. Actualmente as visões da Psicologia moderna são a visão psicanalista, o neobehaviorismo, a visão cognitiva e a humanística.
Todos nós usamos a Psicologia no nosso quotidiano ao observarmos e tentarmos compreender o nosso comportamento e dos outros.

___________________________
[1] Site: http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicologia


[2] Obra: DAVIDOFF, Linda, introdução à Psicologia, São Paulo, Makron books, 2